Informação, Tecnologia e Qualidade a Serviço do Criador.

O portal feito para você e seu pássaro!

(19) 3873-4161 / (19)3903-2065 / (11)97110-0585

vendas@amgercal.com.br

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
  |    |   São Paulo - SP 

Sarna Knemidocoptica ou " Sarna Dos Pés"

Dr. Bruno Pedrolongo

A "sarna dos pés" é o nome popularmente atribuído à sarna Knemidocóptica, doença causada por um ácaro denominado Knemidocoptes pilae.HUHUUUUUUSAAHA A doença é extremamente comum entre as aves de gaiola, no entanto o diagnóstico da doença não é frequente. Existem diferentes espécies de ácaros knemidocoptes, porém o K. pilae é o que mais acomete os passeriformes, como por exemplo, canários, periquitos, calopsitas, curiós, bicudos, coleiras etc.

Os ácaros agem escavando as regiões de pele sem penas, geralmente patas e região ao redor do bico, dando um aspecto de crostas ou mesmo escamas grossas amareladas ou até esbranquiçadas normalmente nas patas dos pássaros, no entanto nos periquitos é mais comum o acometimento da face do pássaro. A doença tem uma evolução extremamente lenta podendo levar até meses para serem percebidos seus sinais clínicos. Muitas vezes a ave parasitada tem o ácaro, mas só manifesta a doença em função de alguma situação de stress onde a imunidade sofre uma queda, como exposições, mudanças de ambiente, frio excessivo enfim.

A sarna knemidocóptica possui um tratamento simples e eficaz a base de aplicações locais de ivermectina, porém a doença pode trazer desdobramentos severos à ave. Nos casos onde a sarna esta muito evoluída, os ácaros podem lesar a pele e "abrir as Portas" para bactérias que podem causar infecção secundária nas patas dos canários. A pele é a principal barreira do organismo para evitar a entrada de patógenos (microorganismos causadores de doença), uma

vez que esta sofre lesão por ação dos knemidocoptes, facilita a entrada de bactérias geralmente do género Staphylococus ou Mycoplasma que podem causar pododermatite que é uma infecção e inflamação das patas que pode evoluir para uma infecção sistémica severa e levar a ave ao óbito. Nestes casos é extremamente importante procurar um médico veterinário especializado em aves, para realizar o diagnóstico e tomar a conduta terapêutica mais adequada ao problema.

img1x

A transmissão da sarna das patas se da através do contato direto de pássaros sadios com pássaros infectados ou através de equipamentos e acessórios como poleiros, comedouros, gaiolas, etc. Os canários acometidos pela doença costumam apresentar dor nas patas, e geralmente erguem a pata, ou quando as duas patas são acometidas ficam deitados no poleiro ou mesmo na grade da gaiola. O sinal clínico mais evidente além da dor são asescamas com aspecto de esponja, em muitos casos quando a doença esta muito avançada o pássaro pode perder segmentos dos dedos ou até dedos inteiros.


A prevenção deve ser sempre um aliado do criador que antes de adquirir aves de fora ou mesmo quando suas aves participam de campeonatos, deve ficar atento a estes sinais e procurar ajuda de profissionais capacitados para não permitir que o problema se espalhe por todo o plantel e venha a causar complicações sérias como é o caso das infecções bacterianas secundárias. Como já dito, a sarna das patas, tem tratamento fácil e rápido, podendo assim evitar vários contratempos durante o período de reprodução, basta um diagnóstico preciso e precoce para manter o plantei saudável.■

Dr. Bruno Pedrolongo CRMV23815 Médico Veterinário e criador de canários Yorkshire. Atendimento:

Clínica Fiore tel(11) 2943-8254 E-mail: brunolongo@ig. com.br

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

2017© Amgercal Indústria e Comércio Ltda.
Fábrica e Escritório Central:
RUA PADRE FRANCISCO ABREU SAMPAIO, 33
Chácara Bela Vista - Sumaré - SP - cep: 13175-560
Tel: (19) 3873-4161 / (19) 3803-2065 / (11) 97110-0585 Whatsapp
E-mail: vendas@amgercal.com.br
Site e Publicidade: Artware