Informação, Tecnologia e Qualidade a Serviço do Criador.

O portal feito para você e seu pássaro!

(19) 3873-4161 / (19)3903-2065 / (11)97110-0585

vendas@amgercal.com.br

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
  |    |   São Paulo - SP 

Pintassilgo "Criação Em Cativeiro"

cativeiroCláudio José Marzolto

Descreverei resumidamente, a maneira como eu consigo a procriação do pintassilgo em cativeiro. Os pintassilgos procriam na HUHUUUUUUSAAHAnatureza nos meses de outubro a março. Já em cativeiro, devemos começar o planejamento de acasalamento ainda nos meses de agosto ou setembro.

1) SELEÇÃO DO CASAL

A origem do pássaro é fundamental para se obter sucesso na criação. Deve-se sempre adquirir pássaros registrados junto ao Ibama, e anilhados com anilhas 2.4 invioláveis, as quais são conseguidas junto a criadores sérios.

2) PREPARAÇÃO DO CASAL

A preparação é feita da seguinte maneira: As fêmeas devem ficar em gaiolas individuais no período de agosto a março, começando a procriarem com maior intensidade no mês de outubro em diante.

Em agosto, começo a colocar o macho próximo à fêmea. Esta, quando está pronta para procriar, emite um sinal sonoro juntamente com o macho escolhido, ficando abrindo e fechando o bico, como se estivessem pedindo trato. A gaiola do macho fica ao lado da gaiola da fêmea.

3) PREPARAÇÃO DA GAIOLA

A gaiola deve ser do tipo Argentina, com divisórias, e com grades no fundo, para manter os pássaros longe das fezes. Devem ter o tamanho de 0,60 x 0,40 x 0,40.

O ninho é colocado na lateral, na parte mais alta da gaiola, e esta deve estar a uma altura de no mínimo 1,5 metros do solo.

4) PREPARAÇÃO DO NINHO

O ninho que deve ser utilizado é o de bucha (não utilize o ninho de corda, pois a fêmea vai desfiá-lo por inteiro). Coloque sempre em um canto da gaiola, um ninho de corda de cabeça para baixo, para que a fêmea possa desfiá-lo e utilizá-lo na construção do seu ninho verdadeiro.

Coloco por fora da gaiola, pedaços de juta, medindo 03 centímetros de comprimento. Esta juta deve ser adquirida no comércio e deve ser lavada bem para perder a oleosidade, e depois seca antes de oferecer a fêmea.

Quando a fêmea estiver com o ninho pronto, eu ofereço pedaços de algodão, em pequena quantidade. A fêmea dará o acabamento com ele.

Quando a fêmea começa a construção do ninho, é a hora do acasalamento.

Coloco o macho escolhido pela manhã, e retiro logo após a gala.

Há machos, mais veteranos, que eu consigo deixar junto com a fêmea. Devemos conhecer o estilo do macho, mas o mais viável é o de retirá-lo.

Há fêmeas, que quando novas, põem os ovos, e não os chocam. Aí é que entram em ação as canárias "ama seca".

Devemos ter sempre nessa época, essas canárias comuns, pois as canárias aceitam e criam muito bem os pintassilgos.

As fêmeas de três anos ou mais, são as melhores para a criação.

Devemos camuflar o ninho com plantas artificiais. Vá a uma loja de R$ 1,99 e compre plantas plásticas, tipo samambaias e trepadeiras. Distribuir de tal maneira, que a fêmea fique um pouco escondida do lugar onde você mais transita.

A fêmea vai chocar, e devemos marcar o dia exato do choco. 12 dias após, em média, os filhotes nascem, e 15 dias mais, eles saem do ninho, e com 40 dias, eles já comem sozinhos. Então os separamos, colocando uma gaiola colada à gaiola mãe. Os machos, às vezes a fêmea, irão tratar os filhotes pela grade. Em poucos dias separamos em definitivo.

Os filhotes, ao nascerem, devem receber Pró-imuni baby durante os primeiros 07 dias. Após, usamos o coccidiostático.

O anilhamento deve ser feito entre o 6a e o 89 dia de vida.

5) ALIMENTAÇÃO

Para o período de criação: 10 kg de alpiste, 01 kg de perila branca, e 01 kg de colza. A mistura é trocada só uma vez por semana, obrigando o pássaro a comer também o alpiste, que é essencial para a vida da ave.

Verdura: Raditi à vontade; Jiló 02x/semana; Maçã 02x/semana; Farinhada da Angercal 02x/semana; e Areia fina à vontade.

Quanto ao niger, eu dou na unha, mas só se o filhote não está alimentado.

6) SANIDADE

Os pintassilgos são aves que têm maior suscetibilidade a Coccidiose que outras aves. O nível de coccídea deve ser controlado, isto é, mantido baixo.

Todo pássaro é portador de coccídea. Devemos usar constantemente um coccidiostático para manter sempre baixo esse nível.

Aminoácidos e vitaminas são essenciais para que essa doença seja controlada.

As gaiolas devem ser mantidas limpas, pois é através das fezes que a transmissão da doença é feita de uma ave para outra.

7) AMBIENTE

As gaiolas devem estar em um lugar bem ventilado e bem iluminado. O ideal é ter um exaustor para a renovação total do ardocriatório.

COMENTÁRIO FINAL:

Enfim, o pintassilgo é o pássaro que mais desperta interesse a nível Mundial.

Os europeus criam os "nossos" pintassilgos. Por que não façamos o mesmo? 


 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

2017© Amgercal Indústria e Comércio Ltda.
Fábrica e Escritório Central:
RUA PADRE FRANCISCO ABREU SAMPAIO, 33
Chácara Bela Vista - Sumaré - SP - cep: 13175-560
Tel: (19) 3873-4161 / (19) 3803-2065 / (11) 97110-0585 Whatsapp
E-mail: vendas@amgercal.com.br
Site e Publicidade: Artware