Informação, Tecnologia e Qualidade a Serviço do Criador.

O portal feito para você e seu pássaro!

(19) 3873-4161 / (19)3903-2065 / (11)97110-0585

vendas@amgercal.com.br

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
  |    |   São Paulo - SP 

Ovoscopia e Bio - Ovoscopia

ovoscopia

Criador Eraldo Luis Monteiro

agosto de 2011.


Na criação de aves e em especial na criação de canários a ovoscopia é o método pelo qual os criadores podem HAHAHHAHHAverificar a presença do embrião no ovo antes do término do período de incubação, que normalmente é de 14 dias. Dentre as principais vantagens de confirmar antecipadamente o desenvolvimento de um embrião, destaca-se: a possibilidade de descarte dos ovos brancos (ovos sem embrião) o que permite agrupar os ovos cheios (ovos com embrião) aumentando assim o numero de filhotes de uma mesma ninhada, porém de pais diferentes e também permite que algumas fêmeas sejam liberadas para dar inicio a um novo ciclo de postura. Se o criador optar por realocar os ovos cheios para poder liberar algumas canárias é importante que as canárias permaneçam incubando os ovos por um período não inferior a nove dias mesmo que os ovos estejam brancos, pois a interrupção prematura da incubação pode estimular as canárias a abandonar o choco nos ciclos subseqüentes. Caso o criador optar por interromper a incubação dos ovos de uma canária antes dos nove dias é essencial que a próxima ninhada seja incubada e alimentada até a separação dos filhotes para que a fêmea permaneça com seu instinto maternal e assim não comprometa os próximos ciclos.

A ovoscopia deve ser realizada após o sexto dia de incubação, pois a partir deste período já é possível observar o embrião que se desenvolve e por vezes podemos visualizar os seus movimentos no interior do ovo. O principio de funcionamento da ovoscopia é muito simples, pois se trata da passagem do feixe de luz pelo interior do ovo, assim temos por resultado os ovos brancos: que são aqueles que permitem que a luz passe pelo seu interior e os ovos cheios: que impedem a passagem da luz.

Para realizar a ovoscopia o criador deve dispor de equipamentos próprios para facilitar a visualização. Recomenda-se o uso de lanternas ovoscopicas, uma vez que com este equipamento é possível realizar a ovoscopia sem que haja necessidade de retirada do ninho da gaiola ou mesmo o manuseio dos ovos fora do ninho. Com esta facilidade gera-se o mínimo de estresse possível a canária que incuba os ovos e também evita-se possíveis acidentes como quebra dos ovos no manuseio por exemplo. 

Na impossibilidade do uso da lanterna ovoscopia o criador poderá construir o seu ovoscopia de maneira simples e barata. Para construção poderá ser utilizando uma caixa de sapato com tampa e uma lâmpada. Na caixa de sapato o criador deverá fazer um pequeno orifício na parte superior da caixa, que deverá ser menor que o diâmetro dos ovos das canárias e no interior da caixa deverá colocar a lâmpada. Em seguida deve fechar a caixa deixando a luz passar apenas pelo orifício da parte superior. Para realizar a ovoscopia o criador deverá retirar os ovos do ninho e colocá-los um a um sobre o orifício por onde passa a luz e observar a presença ou não do embrião. Uma vez realizada a ovoscopia e confirmada a presença do embrião o criador deverá esperar o final do período de incubação e se passados os quinze dias do período normal de incubação não houver a eclosão dos ovos poderá ser aplicado uma prática que permite observar se o embrião ainda permanece vivo dentro do ovo, esta prática vamos aqui chamar de Bio-ovoscoipia.

Para aplicar a Bio-ovoscopia o criador deve dispor de um recipiente com água morna e proceder a acomodação dos ovos incubados sobre a água e posterior observação dos mesmos. Os ovos com embrião vivo serão aqueles que permanecem suspensos na água com a ponta voltada para baixo e que apresentam pequenos movimentos que são causados pelo próprio movimento do embrião. Os ovos em que o embrião está com vida deverão ser recolocados imediatamente para incubação e o criador deverá aguardar mais alguns dias até a eclosão dos ovos.  Os ovos que ficam de lado ou que vão para o fundo do recipiente são os que o embrião já está morto e deve ser descartado.  No inicio o criador poderá ficar com algumas duvidas quando aplicar a Ovoscopia e a Bio-ovoscopia, mas com treinamento os índices de acertos irão facilmente chegar a 100%.  Faça uso destas duas práticas para melhorar os indicies reprodutivos do seu plantel. 


 

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

2017© Amgercal Indústria e Comércio Ltda.
Fábrica e Escritório Central:
RUA PADRE FRANCISCO ABREU SAMPAIO, 33
Chácara Bela Vista - Sumaré - SP - cep: 13175-560
Tel: (19) 3873-4161 / (19) 3803-2065 / (11) 97110-0585 Whatsapp
E-mail: vendas@amgercal.com.br
Site e Publicidade: Artware