Informação, Tecnologia e Qualidade a Serviço do Criador.

O portal feito para você e seu pássaro!

(19) 3873-4161 / (19)3903-2065 / (11)97110-0585

vendas@amgercal.com.br

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
  |    |   São Paulo - SP 

A Difícil Tarefa de Montar Bons Quartetos

quartetoMárcio Fernandes - Juiz OBJO

A difícil tarefa de montar bons quartetos

Detalhes em que o criador deve se basear ao montar um quarteto

É fascinante observar um bom quarteto, principalmente se ele apresentar uma perfeita harmonia entreA_Q_U_I___I_M_A_G_E_N_S seus pássaros. A beleza individual de cada canário multiplicada por quatro, é magnífico! Mas para toda esta exaltação se tornar realidade, é muito importante, que o criador, observe minuciosamente cada detalhe a ser julgado, o bom quarteto além de apresentar pássaros de boa qualidade entre eles. Esta harmonia deve estar presente em todos os itens do julgamento, categoria, variedade, tipo (no caso dos melânicos) e apresentação. Usando um exemplo bem comum: Ex. em julgamento um quarteto de amarelo Mosaico Macho, supondo que neste quarteto os quatros canários apresentem uma excelente variedade (lipocromo), mas no item categoria dois possuem máscaras curtas e os outros dois uma máscara maior, heis aí uma diferença altamente prejudicial para a harmonia do quarteto, e segundo o Manual da OBJO, considerada uma diferença importante! Lembrando que 3 (três) diferenças importantes constatadas no quarteto, este estará desclassificado.

Portanto ao montar um quarteto observe bem todos estes detalhes. Se você observar diferenças importantes entre eles, não existe, deixe-os em casa! Eles lhe serão mais úteis. Agora eu gostaria de salientar a grande importância do canário “reserva do quarteto”,  ele pode salvar o seu quarteto no caso de algum canário titular adoecer ou morrer durante o campeonato (o que é fato bem comum de se acontecer). Nos canários lipocrômicos a montagem de um quarteto se torna menos difícil, pois ali estarão sendo observados apenas a variedade e a categoria isto, sem citar, a apresentação que também é de extrema importância, para uma boa avaliação do quarteto. Mesmo assim é raro encontrar 4 canários completamente idênticos, mesmo entre os exemplares da linha clara. Mas como temos presenciado nos Campeonatos Nacionais o número de quartetos da linha clara é bem maior do que a quantidade dos quartetos de canários melânicos, tudo isto devido aos itens observados para a montagem. Que no caso dos melânicos, torna o trabalho bem mais criterioso, pois, além de se observar o tipo (melaninas) dos quatro exemplares. Que deve apresentar uma perfeita harmonia entre eles.
Vou  descrever na tabela abaixo o critério oficial da OBJO para a pontuação da harmonia nos quartetos. O quarteto que receber 3 ou menos pontos de harmonia estará desclassificado. Lembrando que a pequena diferença, quer dizer diferença de um ponto por item e a diferença importante, 2 ou mais pontos por item.


HARMONIA DO QUARTETO

PONTUAÇÃO

OBERVAÇÕES

MUITO BOA

8 PONTOS

Os pássaros devem apresentar semelhança entre si em todos os itens do julgamento.

BOA

7 / 6 PONTOS

Os pássaros apresentam pequena diferença em um dos itens de julgamento.

REGULAR

5 / 4 PONTOS

Os pássaros apresentam pequena diferença em dois dos itens de julgamento.

FRACA

3 PONTOS OU
MENOS

Os pássaros apresentam diferença importante em dois ou mais itens de julgamento.

Tabela retirada do Manual de Julgamento de Canários de Cor da OBJO.

Espero que este pequeno texto, ajude vocês criadores a montarem seus quartetos com os olhos de juiz, observando minuciosamente os itens que serão julgados no seu quarteto.


Fábio Rodrigues – Juiz OBJO/FOB

Quartetos de Canários de Cor - Cuidados na sua preparação

Por definição, quarteto é um conjunto de quatro canários semelhantes que, além de serem julgados individualmente, são julgados também por um item chamado harmonia, que mede a igualdade entre eles.

Os quartetos têm importância muito grande em concursos, tanto pela pontuação, 50 % maior que a de canários individuais, quanto pela indicação de qualidade do plantei do criador.

Obter um canário campeão pode ter um componente de sorte, mas obter um quarteto campeão indica que está envolvido outro componente, a linhagem do plantel.

Fatores na formação de quartetos

Os fatores mais importantes para se produzir quartetos de boa qualidade são: qualidade individual dos pássaros do plantel, linha gene bem fixada, adoção de técnicas de poligamia e boa produtividade na criação.

A adoção de técnicas de poligamia contribui em muito para a elevação do nível de qualidade do plantei, bem como sua padronização e fixação de linhagem, aumentando as hipóteses de formação de quartetos a cada novo ano de criação.

Julgamento dos quartetos

A harmonia vai depender das diferenças entre os canários do quarteto, e o Manual de Julgamento da OBJO estabelece os critérios para sua pontuação: apresentados na Tabela 1.

A avaliação da harmonia como FRACA, resulta na desclassificação do quarteto.

Montagem dos quartetos

A montagem de quartetos segue algumas regras de procedimentos simples que visam juntar os canários de melhor qualidade e mais iguais obtidos naquele ano e naquela cor.

Tabela 1  
Critérios OBJO para pontuação

MUITO BOA

8 pontos

Pássaros semelhantes em todos os itens do  julgamento

BOA

7 ou 6 pontos

Pequena diferença em um dos itens de julgamento

REGULAR

5 ou 4 pontos

Pequena diferença em dois itens do julgamento

FRACA

3 ou menos

Diferença importante em pontos dois ou mais itens de julgamento

É evidente que é mais fácil montar quartetos de menor qualidade, mas o criador deve valorizar seu trabalho usando seus melhores canários.

Comece a preparação do quarteto separando todos os canários da mesma cor, que tenham o melhor padrão de qualidade disponível.

Numa primeira passagem, elimine aqueles canários que se mostrem muito diferentes em tipo, se melânicos ou em variedade e categoria, se lipocrômicos. Também descarte os muito desarmônicos quanto ao tamanho, forma e plumagem, reduzindo-se assim o grupo sob análise.

Defina um item de julgamento, que deve ser o de maior valor naquela cor. Por exemplo, se estamos trabalhando com Negro-Marrom Oxidado (Verde, Azul, Cobre) a envoltura deverá ser o parâmetro escolhido e em seguida o desenho e qualidade da melanina. Neste caso a envoltura deverá ser a mais oxidada possível com ausência de feomelanina, o desenho bem largo e a eumelanina bem negra.

Continuando, avalie os canários por cima e classifique-os por ordem decrescente de qualidade do parâmetro adotado, no caso envoltura.

Separe os canários em grupos de três. Classifique-os em grupos, com a envoltura mais oxidada ŕ esquerda até o pior grupo, menos oxidado, ŕ direita. A quantidade de grupos separados vai depender do padrão de qualidade que definirmos como aceitável.

Esta primeira separação já dá uma idéia das possibilidades de se obter um quarteto. Não havendo homogeneidade nesta etapa, dificilmente teremos sucesso.

A próxima etapa vai consistir na análise dos demais parâmetros de avaliação que, no nosso exemplo, são o desenho (quanto mais largo melhor) e a qualidade da melanina (o mais negra possível).

O objetivo agora é, dentro da escala de envolturas decrescentes, verificar e agrupar onde estão os desenhos e melaninas mais iguais.

Se as diferenças entre dois grupos contíguos são grandes dificilmente se conseguirá montar um quarteto que valha a pena. Quanto mais a direita se tiver grupos semelhantes, pior será o nível de qualidade de nosso quarteto.

Caso se obtenha sucesso nesta etapa e se encontre cinco, seis ou mais canários com todas estas características semelhantes, parta para a próxima etapa do trabalho: individualize os canários escolhidos em gaiolas de exposição.

Ordene os canários, tentando manter a ordem inicial, e vamos analisá-los na altura dos olhos para completar a avaliação dos demais itens de julgamento: Variedade, categoria, tamanho, forma, plumagem, etc.

Nesta etapa tente substituir os canários mais diferentes por canários os mais a esquerda na classificação inicial. É um processo de tentativa e erro, e é necessária muita paciência e bons canários para chegar a bom termo.

Dificilmente se conseguirá separar quatro canários iguais em todos os quesitos. O objetivo é obter um conjunto o mais igual possível quanto aos itens de maior valor no julgamento.

Não esqueça de observar atentamente cada canário do quarteto quanto a defeitos desclassificatórios como unhas e penas lipocrômicas nos melânicos, manchas melânicas em canários lipocrômicos, especialmente nas coxas dos mosaicos, fungos de unha, etc.

Parâmetros importantes de cada cor

A leitura atenta do Manual de Julgamento permite destacar que características usar quando estivermos trabalhando com determinada cor. como por exemplo:

Brancos: A variedade e categoria serão os parâmetros escolhidos na primeira etapa, pois valem 47 pontos em 94 no total. Selecionamos os mais brancos. O próximo elemento deverá ser plumagem, que deverá ser bem assentada, muito
brilhante, o que vai realçar a cor. A forma também deverá um dos elementos usados na escolha.

Ágatas: O tipo será o parâmetro. A envoltura deverá ser bem diluída, com realce para a variedade, com lipocromo bem vivo e brilhante, fazendo realçar o desenho.

A consulta ao Manual orienta na seleção dos parâmetros das várias cores.

Manutenção do quarteto até o concurso

Uma vez montado o quarteto, de preferência com mais de um reserva (para se evitar surpresas de última hora), nossa tarefa agora é mantê-lo sem grandes alterações nem acidentes até o dia do concurso.

Individualizar os canários é imprescindível. Evita debicagens, que destroem a plumagem, transtornos por brigas entre os machos, fêmeas arrancando penas na preparação para cria, etc.

Também a individualização permite manter a mesma alimentação para todos os canários, evitando-se que uns engordem mais que os outros. Em algumas situações podemos administrar regimes diferenciados para algum canário que necessite emagrecer ou engordar um pouco.

Os regimes de banhos de água e sol também devem ser iguais para os canários do quarteto.

A observação diária dos canários permite avaliar qualquer alteração significativa, agindo-se antecipadamente para mantê-los harmônicos até o concurso.

Conclusão

A prática na montagem de quartetos contribui em muito para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de conhecimentos técnicos. O quarteto é uma demonstração da qualidade do plantei e o cuidado na sua preparação demonstra a competência do criador.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

2017© Amgercal Indústria e Comércio Ltda.
Fábrica e Escritório Central:
RUA PADRE FRANCISCO ABREU SAMPAIO, 33
Chácara Bela Vista - Sumaré - SP - cep: 13175-560
Tel: (19) 3873-4161 / (19) 3803-2065 / (11) 97110-0585 Whatsapp
E-mail: vendas@amgercal.com.br
Site e Publicidade: Artware