Informação, Tecnologia e Qualidade a Serviço do Criador.

O portal feito para você e seu pássaro!

(19) 3873-4161 / (19)3903-2065 / (11)97110-0585

vendas@amgercal.com.br

Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider
  |    |   São Paulo - SP 

Criação de Pintassilgo Major

pintasilgo_majDante Daniel Testa

Estas aves são aves cuja alimentação difere dos canários. São aves que pertencem à fauna europeia, A_Q_U_I___I_M_A_G_E_N_Ssensivelmente maiores do que os pintassilgos comuns – 15, 15,5cm e que dispõe de uma variedade genética, que implica algumas mutações. Assim quando se retende acasalar estas aves dever-se-á ter em conta diversos fatores, nomeadamente a sua mutação.

Para tal é crucial conhecer bem as diferentes mutações do pintassilgo major, bem como conhecer o seu genótipo e saber qual o resultado dos diversos cruzamentos entre si. É importante realçar que os cruzamentos deverão ser efetuados entre pintassilgos major e nunca pintassilgo major com pintassilgo comum.

Assim a título de exemplo sabemos que se juntarmos um pintassilgo major pastel com um pintassilgo major ancestral, e uma vez que a mutação pastel é ligada ao sexo, o resultado será 50% de machos portadores de pastel e 50% de fêmeas pastel. É deveras importante conhecer as leis de Mendel para que se possa trabalhar estas aves.

Uma vez escolhidos os casais o macho deve, a partir do mês de Janeiro, estar na gaiola, a qual se dará a criação. Finais de Março junta-se a fêmea. Exalto que as melhores gaiolas de criação possuem 1 m de comprimento * 1,5m de fundo * 2 m de altura. Estas voadeiras são as utilizadas na Bélgica permitindo resultados ótimos. Contudo voadeiras com 1m de comprimento * 50 fundo * 50 de altura, também permitem bons resultados na criação. Contudo a atenção por parte do criador deverá ser redobrada em relação ao macho, justamente pela sua necessidade de território, que poderá vir influenciar a fêmea no choco e arrasar os ovos no ninho.

Existem duas formas para contornar esta situação, a saber: Ou se retira o macho, no caso das voadeiras com 1m de comprimento  * 50 fundo * 50 de altura e se coloca o mesmo dentro de uma outra gaiola pendurada do lado de fora da voadeira. Ou então faz-se como os criadores belgas que colocam o macho dentro de uma gaiola menor, que por sua vez está dentro das voadeiras com 1 m de comprimento * 1,5m de fundo * 2 m de altura, permitindo que a fêmea não seja importunada pela agressividade do macho e ao mesmo tempo posteriormente a quando da saída dos pequenos pássaros, este alimentá-los automaticamente.

Uma vez os casais distribuídos pelas respectivas áreas de criação é tempo de prepará-los, nomeadamente prevenir a coccosidiose e fornecer vitamina para os tornar mais férteis, aliás complemento que existe em grande variedade nas lojas de animais.

Concomitantemente deverá ser preparado o ninho – condição fulcral – sendo que este deverá ser colocado em sítio alto, o qual deverá ser revestido por folhas ou plástico que venham dar um ambiente natural, pois não nos podemos esquecer o passado ancestral destas aves.

O mesmo deverá ser colocado nos finais de Março princípios de Abril A fêmea demora 13 a 15 dias a incubar os ovos sendo que depois saem os novos passarinhos. Para os pintassilgos major é possível fazer-se 3 criações por ano.

Por fim, sendo que será matéria para um outro artigo, a alimentação destas aves na fase de criação deverá ter pressupostos específicos, os quais abordarei num outro artigo.


pinta_03

CARDUELIS CARDUELIS

Origem: Europa, Ásia central e ocidental e áfrica
Habitat: CAMPOS ABERTOS, REGIÕES MONTANHOSAS E BOSQUES
Postura: 3 a 6 ovos     

Informações sobre a espécie:
Tamanho: 12cm a 17cm

Cores e variedades: Muitas mutações cromáticas têm sido preservadas. Algumas delas são castanhas, cor de ágata, pastel, amarelo-claro, branco, de pescoço branco "malhado", ventre amarelo e variações nacaradas.
Veja as fotos abaixo:

 

pinta_07

Existem diversas subespécies de pintassilgos. As espécies mais divulgadas na criação são o pintassilgo pequeno e o pintassilgo grande (Carduelis carduelis major). O Pintassilgo é uma espécie protegida em alguns países. Existem requisitos e restrições legais relativamente à criação e ao comércio desta aves nestes países.

Alimentação
A alimentação-base destas aves pode consistir numa mistura de sementes para aves canoras, mas também apreciam as chamadas "semente de aviário", uma mistura que consiste numa grande variedade de sementes.
Estas aves, tal como todas as granívoras, também necessitam de arenito em quantidade suficiente, para que possam satisfazer as suas necessidades digestivas. Estas aves apreciam muito as sementes de cardo, que pode dar-lhes com toda a segurança. Também comem pequenos insetos, alimentos à base de ovos, bagas e verduras.

Comportamento
De um modelo geral, estas aves adaptam-se muito bem à vida em aviário misto e, habitualmente, têm um convívio amistoso com outras aves da mesma espécie. Se pretende obter bons resultados na criação, é aconselhável manter um casal de criação numa gaiola separada, sem a presença de outras aves que o possam perturbar.
Não mantenha esta espécie em coabitação com canários, uma vez que estas duas espécies criam híbridos.
De um modelo geral, os pintassilgos são aves muito ativas e gostam de passar muito tempo entre a vegetação. Os machos são donos de um canto muito belo e distinto. As fêmeas também cantam, mas o seu canto é ligeiramente menos fascinante.

Confinamento
Pode criar pintassilgos num aviário espaçoso ao ar livre ou num aviário ou gaiola em recinto fechado.
É importante que o alojamento possua plantas em abundância, para que as aves se sintam masi confortáveis. As plantas perenes, tais como as coníferas e os abetos, são as mais apropriadas.

Reprodução
O ninho é construído num ponto alto do aviário, se possível num arbusto denso (conífera). No entanto, estas aves também podem utilizar caixas de ninhos. Dão preferência aos materiais de cores claras para a construção dos ninhos, tais como a lã de ovelha. Os pintassilgos têm uma postura média de 3 a 6 ovos.
Estes têm uma cor azul-clara com manchas castanhas e são chocados pela fêmea durante 13 a 15 dais, em média. Após as crias nascerem, mas de preferência no período imediatamente anterior, pode alimentar estas aves com pequenas quantidades diárias de insetos, em diversos estágios de desenvolvimento (larvas, ovos, ninfas), além da habitual mistura de sementes.
A plumagem surge nas crias após um período compreendido entre duas e três semanas. Posteriormente, são sustentadas e alimentadas pelos progenitores - mas sobretudo pelo macho - durante um período semelhante, até estarem aptas a cuidar de próprias. Então, as crias não possuem ainda as cores definitivas, o que só acontece passadas duas semanas.
Os pintassilgos que apresentem boas condições físicas podem dar início a uma nova ninhada logo após o crescimento das crias.

 

 

 

Нам надо "Мотоциклы игры для мальчиков бесплатно"сочинить собственную версию, и как можно "Скачать детские аудиокниги торрент"более правдоподобную.

Ведь я здесь ординарец,-гордо "Бесплатные игры скачать монополия"добавил Швейк.

Странная, к слову, "Мародёр скачать игру"закономерность выстраивается в цивилизованном мире!

Слышь, Ильин, я "Парк горького скачать альбом"не хочу навсегда.

Да, да, теперь "Скачать драм бас песни"я ясно припоминаю.

При свете зарниц "Скачать бьянка амстердам"я видел, что глаза "Виктор цой перемены скачать"ее закрыты, а "Скачать песни крис норман"ее спокойное, ровное дыхание свидетельствовало о том, что "Скачать в отличном качестве фильмы"она спит.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

2017© Amgercal Indústria e Comércio Ltda.
Fábrica e Escritório Central:
RUA PADRE FRANCISCO ABREU SAMPAIO, 33
Chácara Bela Vista - Sumaré - SP - cep: 13175-560
Tel: (19) 3873-4161 / (19) 3803-2065 / (11) 97110-0585 Whatsapp
E-mail: vendas@amgercal.com.br
Site e Publicidade: Artware